APA Joanes/Ipitanga

APA Joanes/Ipitanga

Como objetivo de preservar as nascentes das represas dos rios Ipitanga e Joanes, responsáveis por cerca de 40% do abastecimento de água da Região Metropolitana de Salvador, e recuperar o ecossistema existente nesta área foi criada em  1999 a APA Joanes/Ipitanga. Totalmente inserida no Estado da Bahia. Possui uma área de aproximadamente 64.472 hectares e abrange os municípios de Lauro de Freitas, Camaçari, Simões Filho, São Sebastião do Passé, São Francisco do Conde, Candeias, Salvador e Dias D’Ávila. Logo após a criação da APA elaborou-se um Diagnostico Ambiental que serviu de base para o Zoneamento Ecológico-Econômico elaborada por atores sociais presentes na região.

A APA Joanes/Ipitanga é dividida em cinco zonas ecológicas-economicas, Zona de Preservação da Vida Silvestre que corresponde as áreas de preservação onde não se admite o uso direto e atividades que importem na alteração antrópica da biota; ZONA de Conservação da Vida Silvestre, corresponde às áreas de uso direto,desde que se respeite o Limite Aceitável de Câmbio – LAC dos recursos naturais. Zona de Ocupação Urbana, corresponde às áreas de ocupação urbana consolidada, e seu entorno; Zona de Uso Agropecuário, corresponde às áreas onde a atividade agropecuária deverá ser regulada; Zona De Recomposição, corresponde às áreas que precisam da intervenção antrópica para recompor total ou parcialmente o ambiente.   

A gestão da área da APA Joanes/Ipitanga é realizada através de membros da comunidade local, poder público e setor privado, o Conselho Gestor. Os membros do conselho recebem cursos sobre educação ambiental para melhor promover ações de vigilância e monitoramento. 

A APA Joanes/Ipitanga faz parcerias com projetos ambientais visando a viabilização de projetos de interesse ambientais. Entre os cinco projetos os projetos presentes na área da APA destacam-se o Projeto Águas Puras da Fundação Terra Mirim. O projeto tem o objetivo de realizar o diagnostico da cobertura vegetal da bacia Itaboatã, que influencia direta na Barragem Joanes I, além de desenvolver ações de recuperação e preservação de suas margens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: